segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Todos querem títulos

O futebol resume a vida em quatro linhas. Os campeonatos estaduais estão aí, a todo vapor. As competições regionais vêm acompanhadas por um velho conhecido: o Bairrismo. Sim, o velho sentimento regional. É o carioca, que no reflexo das águas do mar, enxerga a maravilha. É o paulistano, que trabalha apressado para chegar na frente. É o gaúcho, que depois de tanto tempo, ainda quer distância do restante do país. E todos os outros. Cada qual defendendo seu gueto.

Hoje é aniversário da cidade de São Paulo. Parabéns para a locomotiva do Brasil. Hoje choveu aqui no Rio de Janeiro. Não havia como aplaudir o pôr do Sol. As nuvens negras guardaram as belas montanhas cariocas em seus bolsos. As praias ficaram tímidas e trêmulas embaixo das gotas gélidas. Foi impossível namorar a garota de Ipanema.

Quando a chuva começou a cair, Eu estava no centro do Rio. Um moleque tentou me roubar. Para minha sorte, ou não, depois de um “cabo guerra” onde minha mochila foi a corda, ele só levou o guarda-chuva que caiu durante a disputa.
Eu adoro andar pelas ruas do centro do Rio. Aquele lugar tem uma alma diferente. Porém, deveria ser mais bem zelado. Quantos prédios históricos manchados por ações de vândalos. Quanto lixo no chão. Quantas pessoas acompanhadas pelo abandono vagando nas ruas. Quanta violência. Quanto descaso.

É, no fim das contas, no vermelho, com ou sem comando, o que resta é aplaudir o pôr do Sol. Beijar todos os pés das belas montanhas. Banhar a praia com o carinho de uma mãe que banha um filho. Namorar a garota de Ipanema. Vamos agradecer a natureza, pois, não fosse por ela, nossa cidade não seria tão maravilhosa assim.

(Ao som de: Del Rey)

6 comentários:

Paula S disse...

Como sempre: genial. Concordei com cada linha, me arrepiei em cada frase bem encaixada e ainda gozo litros ao ler seus links ocultos. Lindo. Lindo.

;)

leonardo antoniolli disse...

rapz, fico até sem graça de comentar, esbanja talento, poético dia a dia, dificil encaixar, mas vc conseguiu.

parabens

Jéssyca xD disse...

esse texto me lembra uma conversa que tivemos.. pq sera? shauishaoshaoish
=*

Bárbara disse...

Maravilhoso!

Curti do início ao fim.

Fluminense campeão.
sem mais.

beijos!

Mademoiselle S disse...

Semana do aniversário de São Paulo e o Rio com céu paulistano, nuvens cinzentas como se quisesse fazer uma homenagem. Opa! Rio homenageando São Paulo, o túmulo do samba, a cidade poluída e sem praias? Acho que não... deve ter sido só impressão. Até pq talvez muitos paulistanos não gostariam de receber homenagem com sotaque carioca. É, no fim das contas tudo pode ser só bairrismo mesmo.

Medeiros Alencar disse...

Rapaz... óitmo texto. Bem escrito, períodos bem encaixados.
Sem falar na poética q é indiscutível.
Parabéns, bom mesmo.