quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

O outro lado

Vendeu duas asas e três nuvens, comprou uns dias no chão,
vendeu a harpa, comprou um violão...

Andou na terra, sentiu o mundo
A beleza da imperfeição
Conheceu pessoas
Uma vida inteira
A morte alheia
Do amor a solidão

Os dias acabaram
Decidiu ficar então
Tomou cachaça
Fez pirraça
Um mundo livre é sua prisão
Queria lutar por salvação...

(Ao som de: Zeca Baleiro - Pet Shop Mundo Cão)

3 comentários:

Paula S disse...

Muito bom cara!!!

Sempre com esse estilo meio suave meio 'sujo' rsrs

vc é o cara

Felipe Freitas disse...

Valeu Paula!

Meio sujo é bom, mostra q é de verdade rsrs

João disse...

muiuto legal cara, li os outros textos tu manda bem.