sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Orgulho

Um sentimento capaz de nos fazer pagar felizes uma rotação de cerveja para mundo e hábil a motivar uma melancólica bebedeira universal. Eis o orgulho. O próprio que enche tórax de alegrias e tristezas.

O peito que sonhou, correu e chegou ao itinerário desejado é o mesmo que está inundado na dor não querer voltar a atrás em um outro caminho. A essa altura, o que se ver daqui de cima são lágrimas que não caem mais mescladas a sorrisos de piadas ruins. Quanta humanidade.

Ele havia realizado um sonho antigo. Ela não entendia o porquê de tanta festa. Eles se desentenderam. Orgulhoso, o moço com marcas de acne no rosto, continuou em frente a comemorar, decidiu não fazer o retorno compassivo imposto por sua Rosa. Seguiu feliz e triste, como em um bom drama, como na canção cantada por Ceumar.

Nobre e avassalador. Calmaria e terremoto. Guerra e paz. Tolstoi e Paulo Coelho. Tão bom e tão cruel. Por tanto, tão humano. Eis o orgulho.

(Ao som de: Day & Age - The Killers)

9 comentários:

Gabizinha disse...

eu queria muito ser menos orgulhosa às vezes :/

enfim rs

beijos :)

Paula S disse...

Comentário inevitável: tô orgulhosa de vc. Vamos na lapa hj? Eu te ligo. Chegando lá te pago uma cerva...

Fagner disse...

Muito bom.

Paula S disse...

Ah, esse texto merece um comentário melhor: é incrivel essa sua capacidade de fazer ligações nas entrelinhas. Ligações q são genias quando percebidas e quando não são notadas encorpam o texto do mesmo jeito e de outra forma. Um exemplo pra quem não sacou (ele mesmo confirmou minha teoria ontem): o moço com acne no rosto é só um motivo para falar em "cravos", assim pode haver uma ligação com Rosa (o cravo brigou com a rosa) -Rosa, como a moça é chamada pelo locutor-. E têm outras q não vou explicar, haha.

;)

Tallys Ween disse...

Adorei as palavras! ;D
Orgulho é foda! SHIUAHIUSHIU

http://tallysween.blogspot.com/

Liliane Akamine disse...

Um texto curto e profundo. Parabéns, excelente. A dicotomia desta palavra é realmente incrível.
Vou ler os outros posts, gostei muito.

www.estoriasgozadas.blogspot.com

carol disse...

me sinto meio burra pra comentar no seu blog, tu escreve d+ garoto...parabéns!!!

Marcelo Lyra disse...

É a potência da juventude o responsável de tanto orgulho. Que seja eterna enquanto dure.

Jéssyca LINDA disse...

ja estamos orgulhosos de vc, ja pode postar outra coisa :X
;p