terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Voltei

Vou contar uma coisa: eu voltei no tempo. Acreditem. Eu fui ao Passado.

Numa dessas situações que nem Deus, nem a ciência, nem a vida explicam, eu tive mais uma chance.

Pude sentir novamente o gosto de empoeirados amores. Tive nas mãos um outro último abraço dos meus pais. Meus livros e meus discos estavam parados no mesmo lugar, como quem espera uma mudança. Estive no antigo bar com eternos amigos.

No entanto, nada fiz de novo. Percebi que cheguei tarde demais.

(Ao som de: Robert Johnson)

3 comentários:

Paula S disse...

Me lembra RC. ;)

Monique Burigo Marin disse...

Ótimo texto!
É sempre cedo ou tarde demais...

Ricardo F. dos Passos disse...

Você escreve bem, gostei!