quinta-feira, 5 de maio de 2011

É tudo mentira

Hoje eu menti para faltar no estágio. Também não fui à faculdade. Essa combinação: estágio /faculdade esta me deixando esgotado e estressado. Falei que tinha uma consulta. Problemas na garganta. Disse que estava com dificuldades para falar. Para mentir.

Ficar um dia inteiro em casa é ótimo. Acordei tarde. Li no balaço da rede, não no do ônibus. Escutei música sem a limpeza dos fones de ouvido. Terminei uma matéria atrasada. Editei com muito tempo o programa de rádio que gravo nas freqüências da faculdade o Gozando nos Furos. Jornalismo feito com os olhos virados. Em breve postarei o áudio aqui. Mas, chega de verdades.

Vi um filme: O primeiro Mentiroso. Bela obra. Uma comédia muito bem pontuada. A película faz o espectador flutuar na atmosfera preposta pelo enredo. A história se passa em um mundo onde as pessoas não mentem. Nem pequenas distorções da verdade têm pernas curtas nesse lugar. A propaganda da Pepsi é a seguinte: Pepsi. Quando não tem Coca. Até lembra a humilde atual campanha “pode ser”.

Um gordinho, que Zangief Kid me perdoe pelo bullying, mal sucedido no emprego e com as mulheres inventa a primeira mentira. A vida se transforma. A dele e a das outras pessoas. Ele fica rico e com a mulher que ama. O filme mostra um outro lado. Onde as mentiras podem fazer bem. Muitas vezes são menos cruéis do que a extrema sinceridade. Facilitam o serviço. Cortam as pernas da dor do esforço.

Como diria o celestial rei Roberto Carlos: “Às vezes as mentiras, também ajudam a viver”.

(Ao som de: Van Morrison - Astral Weeks 1968)

3 comentários:

Jéssyca=) disse...

isso td em 1 dia? vlw a insiparaçao ne

Jéssyca=) disse...

isso td em 1 dia? vlw a insiparaçao ne

Mari ♥ Rainha de Copas disse...

'O filme mostra um outro lado. Onde as mentiras podem fazer bem. Muitas vezes são menos cruéis do que a extrema sinceridade. Facilitam o serviço. Cortam as pernas da dor do esforço.'

Gostei muito desse trecho. A vida, pessoas, cultura, circunstâncias e afins, nos impõem o tempo todo lições de moral, muitas vezes no pior estilo 'faça o que eu digo e não o que eu faço'. Mas quem não precisa escapar de tudo isso ao menos uma vez na vida? Infelizmente vivemos num país em que você vai com a honestidade e te barram, vai com a mentira, passa numa boa. Sou muito a favor da verdade sim, mas olhando por esse lado, cada um tem a sua verdade. Claro que em alguns pontos não dá mesmo para relativizar. Mas o que eu quero dizer é que, em muitos momentos, fica complicado julgar alguém sem antes olhar pra dentro de nós, atirar a primeira pedra é complicado...todo mundo tem alguma coisa que não quer que ninguém saiba, mesmo lá no inconsciente, daí cria a 'sua' verdade. No mais, a vida real cansa o suficiente pra nos fazer querer escapar dela muitas vezes. Nem que seja inventando uma mentirinha pra isso, rs!